Últimas Notícias
latest
Principal
Principal 2
Bayeux/block-2
Paraíba/block-2

Últimas Notícias

Faustão quer manter o apelido famoso no nome do programa na Band



Faustão quer muito manter o seu apelido famoso no título da atração que vai ter na Band. Dois nomes estão sendo analisados pelo jurídico da emissora para encabeçar o projeto de Fausto Silva na nova casa: Programa do Faustão e Perdidos na Noite com Faustão.


Em consenso com a Band, o apresentador deve decidir em breve o nome de sua nova atração que será sucesso com toda certeza. Já há uma fila de anunciantes para o programa de Faustão na emissora que o lançou na década de 1980.


Além das videocassetadas, Fausto Silva quer ter muitas bailarinas no palco – principalmente depois de elas terem sido demitidas do programa da Globo.

Uma equipe ainda pequena, encabeçada pelo diretor Cris Gomes, já está trabalhando na criação de alguns quadros. Entre eles, um projeto simular ao Arquivo Confidencial que fez um grande sucesso no Domingão e que foi cancelado pela Globo na última semana.


Metrópoles

Brasília: Efraim Filho recebe prefeita de Bayeux e assegura mais de R$ 2 milhões em emendas para a saúde e reforma do Centro de Zoonoses



O deputado federal Efraim Fillho (DEM), coordenador da bancada federal paraibana, recebeu na tarde desta terça-feira (22), em seu gabinete, em Brasília, a prefeita de Bayeux, Luciene de Fofinho (PDT).

Na oportunidade, o deputado confirmou o que havia assegurado a prefeita quando a visitou no Paço Municipal semanas atrás e garantiu a alocação de mais de R$ 2 milhões em emendas para serem investidos em saúde.

Efraim Filho garantiu recurso para o custeio da Atenção Básica, reforma do Centro de Zoonoses e destravamento de recursos para construção das unidades básicas de saúde do Comercial Norte e Jardim Aeroporto.

“Agradecemos a confiança e o compromisso que o deputado Efraim está depositando em Bayeux e no nosso governo. São ações como essas que vão garantir dias melhores para nosso amado povo bayeuxense. Esse é meu desejo e minha luta e com afinco tenho trabalhado todos os dias para trazer novas e grandes realizações”, afirmou Luciene.











Bayeux em Foco

Governo da Paraíba fará concurso com 4.400 vagas para Saúde



O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB), representado pelo procurador do Trabalho Eduardo Varandas Araruna, se reuniu nesta terça-feira (22), com o secretário de Saúde do Estado Geraldo Medeiros, com o secretário executivo de Saúde Daniel Beltrammi e integrantes da Fundação Paraibana de Gestão da Saúde (PBSaúde). Durante a reunião, o Estado anunciou a realização de concurso público para a saúde, com 4.400 vagas. O Edital do concurso deverá ser lançado até o início de julho.

A reunião aconteceu no final da manhã, na sede da Secretaria Estadual de Saúde (SES), em João Pessoa. Tramita no MPT-PB procedimento acompanhado pelo procurador Eduardo Varandas sobre a contratação de médicos e outros profissionais de saúde.

“A Fundação Paraibana de Gestão da Saúde (PBSaúde) – atendendo compromisso firmado com o MPT – fará o 1º concurso com 4.400 vagas para todos os profissionais de saúde e pessoal de apoio administrativo. Estamos aguardando só os trâmites administrativos”, anunciou o secretário executivo de Saúde do Estado, Daniel Beltrammi, acrescentando que serão 326 vagas para contratação imediata e 4.074 para cadastro de reserva.

O secretário informou que o processo será realizado pela Fundação Vunesp e que todas as providências já estão sendo adotadas. “O concurso foi uma solicitação direta do MPT e a reunião foi justamente para apresentação formal do termo de referência do concurso ao procurador Varandas, conforme acordado em audiência pública”, informou Beltrammi. “É muito importante para que se possa selecionar profissionais de saúde que irão atuar na Paraíba e poder fazer com o acompanhamento do MPT, pra nós é fundamental, já que será o primeiro concurso da PBSaúde”, concluiu Beltrammi.

“O concurso é o único meio legítimo para o ingresso de trabalhadores na administração pública. Penso que um grande passo foi dado em prol da otimização e eficiência do sistema estadual de saúde e da moralidade pública. A conquista é de todos os paraibanos”, ressaltou o procurador do Trabalho Eduardo Varandas.

Edital – O Governo do Estado publicará na edição desta quarta-feira (23) do Diário Oficial do Estado (DOE) a contratação da instituição que será responsável pela realização do concurso da Fundação PB Saúde. O cronograma é que até a primeira semana de julho seja publicado o edital para contratação imediata de 326 profissionais e mais 4.075 em cadastro de reserva.

De acordo com o diretor superintendente da Fundação PB Saúde, Daniel Beltrammi, esse é um processo necessário para iniciar a implementação de instituições de saúde. “Antes mesmo da Fundação assumir as unidades, precisamos cumprir a tarefa mais importante que é formar os quadros da PBSaúde. Essa é uma etapa primordial, que será feita com transparência, democracia e amplo acesso para que possamos selecionar as pessoas que vão cuidar da saúde de toda a Paraíba”, pontuou.

O superintendente esclareceu ainda que os profissionais das áreas administrativas e assistenciais irão atuar nas unidades à medida que a fundação for assumindo a gestão desses serviços.

Fundação PB Saúde – Fundação pública com personalidade jurídica de direito privado e com autonomia administrativa, financeira e patrimonial, que tem como uma das finalidades a gestão e produção de cuidados integrais em saúde, vinculada à Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB).

Operação São João: PRF reforça fiscalização em rodovias federais a partir desta quarta



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia, nesta quarta-feira (23), a Operação São João 2021 em toda Paraíba. A ação irá reforçar o policiamento nos trechos considerados mais críticos para ocorrência de acidentes de trânsito e crimes.

Apesar das festas juninas estarem suspensas, a PRF acredita que o fluxo de veículos deverá ser intenso, principalmente na quarta-feira no período da tarde, quinta-feira pela manhã e domingo. Em 2020 não foi realizada operação em virtude do baixo fluxo de veículos.

Mesmo sem a realização das tradicionais festas características do período, a grande preocupação da PRF é a mistura perigosa e criminosa que é dirigir sob efeito de álcool. Durante toda a operação, serão intensificadas fiscalizações com uso de etilômetros para coibir a embriaguez ao volante, apontada como a principal causa de mortes em acidentes de trânsito nas rodovias federais paraibanas durante todo ano de 2020.

A PRF alerta que a BR-230, rodovia que liga o Litoral ao Sertão paraibano, possui trecho em obras. As obras acontecem no município de Cruz do Espírito Santo, entre os quilômetros 61 e 63, e nos dois sentidos da via, com serviço de manutenção para sanar problemas do asfalto. O fluxo de veículos no local acontece temporariamente em pista simples.

Este ano haverá restrição de circulação de alguns tipos veículos de transporte de carga em trechos de rodovias federais de pista simples nos estados da Paraíba, Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte nos dias 23 e 24 de junho.

Dicas para uma viagem segura

Planejamento da viagem: O motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada.
Revisão preventiva: É importante realizar uma revisão preventiva no veículo mesmo para pequenas viagens. Verificar o estado de conservação dos pneus e estepe, nível de óleo do motor, faróis, limpadores de vidro e freios é fundamental para uma viagem segura.
Pausas para descanso: O condutor deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta.
Sinalização de trânsito: Observar as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. Elas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

Em rede social Juliette diz que governo federal foi negligente: “#ForaBolsonaro”



Em seu perfil numa rede social, a paraibana Juliette, vencedora do reality show BBB21, da Rede Globo, pediu “Fora Bolsonaro” e disse que o governo federal foi negligente. A Paraíba se referiu aos 500 mil mortos vítimas da covid-19 no país.

Para a Juliette, as vítimas fatais do novo coronavírus “não são apenas números. É uma terrível consequência da negligência da getão atual dos governo Bolsonaro”.

Ainda se referindo ao presidente da República, a vencedora do BBB21 completou: “Eles tinha como ter evitado essa tragédia. É claro que é #ForaBolsonaro


Veja postagem:


Atualmente, Juliette tem mais de 31 milhões de seguidores em suas redes sociais.



PB Agora

Live d’O Maior São João do Mundo terá Elba Ramalho e Juliette neste 23 de junho



Elba Ramalho será a principal atração desta quarta-feira, 23, na programação d’O Maior São João do Mundo virtual. A Medow Entretenimento e Cultura e a Prefeitura de Campina Grande mantiveram a tradição de trazer a rainha para animar a noite de véspera de São João. Este ano, porém, Elba terá Juliette como convidada. Juliette Freire, vencedora do BBB21 e fenômeno nas redes sociais, estará no palco para cantar o hino dos festejos juninos, o clássico Olha Pro Céu. Luan, filho da cantora, também fará uma participação especial na live, cantando com a mãe.

Essa será a terceira live, de uma série de seis, programadas para o mês de junho. A transmissão desta quarta-feira, a partir das 18h30, terá ainda as participações de João Lacerda e Eliane. Na parte cultural da programação, as atrações ficam por conta do Festival de Quadrilhas Juninas e Grupos Folclóricos, com o grupo Tropeiros da Borborema; e do Circuito Mundial de Lives e Eventos Juninos, com as festas juninas de Cabaceiras (PB), Itabaiana (PB) e da Alemanha.


As transmissões d’O Maior São João do Mundo virtual estão sendo realizadas a partir de dois polos: o “Istúdio Live Munganga”, no Museu dos Três Pandeiros; e o “Istúdio Arraiá Medow”, na Vila Sítio São João. De qualquer parte do mundo, as pessoas podem assistir às lives, pelo YouTube, no endereço youtube.com/osaojoaodecampina. Também é possível participar das transmissões. Para tanto, basta postar uma foto ou vídeo, assistindo às transmissões e marcar o perfil do evento, no Instagram @osaojoaodecampina. As imagens serão reproduzidas nos painéis de led do Istúdio Arraiá Medow, e na projeção mapeada, na parte externa do Museu de Arte Popular da Paraíba. As próximas lives acontecerão nos dias 24, 26 e 29.

O Maior São João do Mundo 2021 é um evento totalmente virtual, sem participação de público e segue todas as recomendações das autoridades sanitárias para combate e prevenção ao novo coronavírus. Toda a equipe de produção fez testagem para covid e trabalha seguindo os protocolos de uso de máscara e álcool em gel, além de manter o distanciamento social. Apenas artistas e equipes de produção têm acesso aos locais de transmissão, onde não é permitido o acesso de convidados e/ou acompanhantes.

Promovido e realizado pela Medow Entretenimento e Cultura, em parceria com a Prefeitura Municipal de Campina Grande, o evento não tem recursos do Município e é totalmente bancado pelos patrocinadores. As lives possuem apoio cultural das Loterias Caixa e Quina de São João; e patrocínio da Bohemia; Primor; BR Polo Shopping; Brisanet; Energisa; Brasifort; Redepharma; Red Bull; SESC e Unimed Campina Grande.

Bolsonaro assina, na quinta-feira, ordem para obras de ramal da transposição que vai beneficiar 13 municípios da Paraíba




O presidente Jair Bolsonaro e o ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, participam de cerimônia de assinatura da Ordem de Serviço para obras do Ramal de Apodi. Esse ramal levará águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco a 13 municípios da Paraíba, nove do Ceará e 32 do Rio Grande do Norte.

A assinatura acontecerá na cidade de Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte, na quinta-feira (24), quando também está sondada a vinda de Bolsonaro à Paraíba. A assessoria do Ministério do Desenvolvimento Regional e o Palácio do Planalto ainda não confirmaram a vinda do presidente à Paraíba.

A obra vai beneficiar 750 mil pessoas. Ela também ampliará em 700 mil hectares a área para agricultura irrigada na região. O investimento federal no empreendimento é de R$ 938,5 milhões.

Barragem Poço de Varas

Durante o evento, deve ser assinada, ainda, a Ordem de Serviço para a revisão do Projeto Executivo da Barragem Poço de Varas, localizada no município potiguar Coronel João Pessoa. O projeto original foi elaborado pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) há dez anos e precisa passar por atualização do levantamento cadastral e estudos ambientais. O investimento federal nesta primeira etapa será de R$ 1,07 milhão. Quando concluída, a previsão é que a barragem garanta abastecimento a 42,4 mil pessoas, além de contribuir com pequena irrigação, piscicultura e lazer.


ClickPB

Conta de luz poderá ter aumento de até 20% em julho



A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) deverá aprovar, na próxima semana, um reajuste das bandeiras tarifárias, um valor adicional que encarece as contas de luz sempre que o custo de geração da energia sofre alta.

A tendência, segundo técnicos que participam das discussões com o governo, é a de que o conselho diretor da agência aprove um aumento que varia entre 40% e 60% das bandeiras — o que acarretará um aumento entre 15% e 20% na conta de luz.


Os números ainda estão sendo fechados pelos técnicos da agência e devem vigorar a partir de julho. A expectativa é que permaneçam nesse patamar até o final do ano.

O sistema de bandeiras reflete a situação do sistema elétrico ainda muito dependente das hidrelétricas, que hoje se ressentem da pior seca dos últimos 91 anos.

Na bandeira verde não há adicional para cada quilowatt-hora consumido. Na amarela, esse extra é R$ 1,34 por kWh (quilowatt-hora). Na bandeira vermelha, há dois patamares -R$ 4,16 (nível 1) e R$ 6,24 (nível 2).

Diante da mais grave crise hídrica dos últimos 91 anos, a Aneel impôs a bandeira vermelha 2 em junho.

Caso o aumento se confirme, o preço a mais do kWh passaria dos atuais R$ 6,24 para cerca de R$ 10.

Esse movimento exercerá mais pressão sobre a inflação medida pelo IPCA que, no acumulado dos últimos doze meses, atingiu 8% — dos quais cinco pontos percentuais foram provenientes das altas de preços da energia.

O aumento se deve, sobretudo, à autorização pelo Ministério de Minas e Energia para que usinas termelétricas sejam acionadas a fim de injetar energia no sistema.

O problema é que essas usinas geram energia a cerca de R$ 1.200 o MWh (megawatt-hora), quase nove vezes mais do que a média do mercado. Esse gasto adicional já encareceu a conta do consumidor em quase R$ 9 bilhões.

Sem isso, no entanto, o governo considera que o país caminhará para uma crise de fornecimento de energia e, possivelmente, um racionamento.

O objetivo é poupar ao máximo a água dos reservatórios, que estão em seu nível mais baixo em décadas.

Consultada, a Aneel não quis comentar.

Folhapress